FFCI11 adquire parcela do Edifício Continental Square Faria Lima

A Rio Bravo Investimentos, administradora do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Rio Bravo Renda Corporativa (FFCI11), divulgou ontem, dia 28 de fevereiro de 2019, Fato Relevante informando sobre a conclusão do processo de aquisição pelo fundo dos conjuntos 52, 54, 61, 62, 63, 64, 71, 72, 73, 74, 91, 92, 93 e 94 do edifício Continental Square Faria Lima, localizado na Rua Olimpíadas, Vila Olímpia, cidade e estado de São Paulo, pelo valor de R$ 86,1 milhões. Com esta aquisição praticamente se encerra o ciclo de investimentos possibilitados pela sexta emissão de cotas do FFCI11, realizada em novembro de 2017.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Lançamento exclusivo! Anuário Uqbar: Fundos de Investimento Imobiliário – Edição 2019

Depois da publicação do Anuário de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), a Uqbar lança hoje o Anuário Uqbar 2019 dedicado aos Fundos de Investimento Imobiliário, exclusivo para os assinantes TLON.

Este Anuário Uqbar 2019: Fundos de Investimento Imobiliário traz a análise dos principais acontecimentos e do desempenho no último ano deste segmento de papel crescente no mercado de capitais.

Como característica editorial desta publicação, seus principais dados são exibidos através de um conjunto de infográficos. Como de praxe, o Anuário traz também os Rankings Uqbar, cobrindo o desempenho das operações e dos prestadores de serviço do setor. No capítulo Regulamentação e Legislação, esta publicação usufrui mais uma vez de um artigo de autoria do escritório Cescon, Barrieu, Flesch & Barreto Advogados.

A Uqbar investe em educação e informação qualitativa e quantitativa voltada para o mercado de FII desde seus primórdios depois da edição da ICVM 472. O incontestável avanço deste segmento, em termos de mercado e, concomitantemente, de marco jurídico-regulamentar, nos significa enorme satisfação. Porém, estamos sempre cientes de que é apenas o começo, de que não se deve nunca acomodar por conta daquilo que foi conquistado, e de que mais desenvolvimento exigirá melhor educação e melhor informação. Esta é a nossa orientação e a nossa motivação.

O Anuário Uqbar 2019: Fundos de Investimento Imobiliário tem como objetivo a nossa recorrente contribuição neste interminável processo de melhoria. Nada como o real e trabalhado progresso. Desejamos a todos uma boa leitura!  

Equipe Uqbar

Universo FII expande mais 23% em 2018

Em 2018 atingiu-se novo patamar dimensional na indústria de Fundos de Investimento Imobiliário (FII). Olhando-se o patrimônio líquido (PL) consolidado do universo completo de FII, constata-se o alcance de R$ 89,71 bilhões ao final do mês de dezembro, referentes a 380 fundos. O crescimento em relação ao quadro observado em 2017 foi de 22,9%, para o PL, e de 16,6% para o número de fundos. Assim, é possível inferir que o crescimento dimensional resultou em boa parte de emissões de novas cotas de fundos já existentes, além do ingresso de novos fundos no mercado e de eventuais valorizações. A figura 1, abaixo, demonstra a evolução do PL e do número de FII da indústria ao longo de anos recentes.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Volume ofertado em cotas de FII alcança patamar recorde em 2018

O mercado de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) encerrou 2018 com números consolidados que ilustram de maneira clara o momento benéfico que este segmento do mercado de capitais vive em decorrência da melhora dos fundamentos, sejam eles macro, setoriais ou individuais. Um bom exemplo desta dinâmica se faz presente no movimento de ofertas públicas de distribuição de cotas de FII, de acordo com a Instrução nº 400 (ICVM 400). Estas ofertas foram registradas na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em volume recorde no ano passado.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Socopa e Solis deixam de prestar serviços ao FIGS11

Por meio de Fato Relevante, foi comunicado que a Socopa e a Solis renunciaram, em caráter irrevogável e irretratável, às suas funções de administração e gestão, respectivamente, do FII General Shopping Ativo e Renda (FIGS11). O fundo, um dos últimos a ainda desfrutar de Renda Mínima Garantida (RMG), investe em dois centros comerciais, o Shopping Bonsucesso e o Parque Shopping Maia. A Vórtx está cotada para assumir a administração do fundo.

 

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Aprovada 2ª emissão do FII Shopping Jardim Sul

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 14 e 18 de janeiro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII de ‘death care’ poderá dobrar de tamanho

O Fundo de Investimento Imobiliário (FII) Brazilian Graveyard and Death Care Services (CARE11) pode estar próximo de duplicar de tamanho. Isso ocorrerá caso a quinta emissão de cotas do fundo alcance seu valor máximo. A emissão faz parte dos planos de aumentar a participação do fundo no mercado de ‘death care’.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Hedge Brasil Shopping tem nova emissão aprovada

Veja abaixo o resumo das atas publicadas na CVM entre 07 e 11 de janeiro de 2019.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Com quase R$ 1 bi mensal, liquidez de secundário de FII sobe de patamar em 2018

O mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociadas no âmbito na B3, apresentou em 2018 um significativo crescimento na comparação com 2017, seja pela ótica do montante negociado, seja pela ótica do número de negócios. Foram negociados R$ 11,21 bilhões no ano passado, cifra alcançada através de 4,1 milhões de negócios. Ambos os números representam recordes históricos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Primeira emissão do FII do Estado de São Paulo é aprovada

Ontem, dia 09 de janeiro de 2019, foi divulgado o instrumento particular de constituição do FII do Estado de São Paulo, administrado pela Socopa e criado com o intuito de alienar de maneira eficiente imóveis pertencentes ao patrimônio do estado de São Paulo. No documento consta também a aprovação, por parte da Socopa, da realização da primeira emissão de cotas do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings
Mais Lidos