FIDC de Recebíveis Comerciais perdem participação no PL consolidado

Recentemente foi publicado aqui no TLON um artigo abordado o patamar alcançado pelo PL consolidado da indústria de FIDC no último mês de setembro, trazendo ainda uma análise por meio da segmentação entre FIDC Não Padronizados e aqueles que não se enquadram nessa categoria. Agora, é hora de alternar o foco para atentar focar para as categorias de ativo-lastro dos fundos que compõem a indústria.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Indústria de FIDC volta a ultrapassar marca de R$ 165 bi em PL

O ano de 2020 já adentrou em seu último trimestre e com isso já é possível ter uma significativa noção da fotografia da evolução dimensional da indústria de FIDC. Através deste exercício, se evidencia que ao final do último mês de setembro o mercado do principal veículo de securitização do Brasil alcançou um PL consolidado de R$ 165,78 bilhões. A cifra foi construída por meio de um conjunto de 984 fundos em operação.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

FIDC de energia sustentável colhe os frutos da diversificação de sua carteira

Nos últimos tempos, muito tem se falado sobre a necessidade de aprimorar as cadeias produtivas da economia mundial com o incremento de novos pilares, principalmente levando-se em consideração aspectos socioambientais. No mercado de securitização o tema ganha cada vez mais relevância, ainda mais agora em que os CRA verdes já são uma realidade. Porém, é possível observar operações que foram estruturadas com esses princípios já há alguns anos, como é o caso do FIDC Vinci Energia Sustentável.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Mercado de FIDC passa por uma revolução silenciosa

Sem sombra de dúvida, o FIDC é o veículo de securitização mais popular do Brasil. Como não poderia deixar de ser, esse assunto permeou diversos painéis e sessões do Uqbar Day. Desde o seu papel macroeconômico até ferramentas e serviços que existem para otimizar e digitalizar a operação de um FIDC, passando pela nova regulação que se avizinha, vários foram os tópicos discutidos no evento.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Transformação digital é crucial para o desenvolvimento do mercado de crédito

A semana passada foi marcada pela realização do Uqbar Day, o maior evento online de securitização do Brasil. Foram dois dias de excelentes discussões técnicas sobre os principais assuntos do momento no universo da securitização, segmentados de acordo com os seguintes macrotemas: Transformação Digital, Agronegócio, Imobiliário e FIDC. Apesar do Uqbar Day já ter ocorrido, vale a pena relembrar o conteúdo dos inúmeros debates que se sucederam. Neste primeiro artigo, será abordada a discussão sobre Transformação Digital.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

S&P atribui classificação de risco às novas cotas do FIDC Credz

Um dos segmentos que cada vez mais chama atenção dentro do mercado de FIDC é aquele formado pelos fundos que adquirem direitos creditórios originados em alguma das várias etapas do fluxo financeiro das estruturas dos arranjos de pagamentos. Esse crescimento de atratividade por parte do mercado é natural, dado que o próprio segmento de meios de pagamento como um todo apresenta consistente evolução, envolvendo cada vez mais tecnologia e trazendo mais inovações aos participantes do arranjo. Um exemplo é o FIDC Credz.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Moody's classifica cotas de FIDC da Braskem

Ontem, dia 22 de setembro, a Moody's divulgou um comunicado informando o mercado sobre a atribuição da classificação de risco de cotas do FIDC Chemical IX Indústria Petroquimica. As cotas objeto da avaliação foram as cotas sênior, que receberam a nota 'Aaa', e as cotas mezanino, que receberam a nota 'Ba1'.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Fundo de infraestrutura muda forma de contabilização de ativos

Na última semana, o comitê de investimentos do FIDC BB Votorantim Highland Infraestrutura deliberou por uma importante mudança na forma de contabilização dos ativos do fundo, que são debêntures incentivadas, de acordo com a Lei 12.431. A medida pode impactar positivamente a carteira do fundo, após uma sequência de reveses.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

A importância da subordinação e do consultor especializado em estruturas de FIDC de fomento mercantil

Não é novidade que o mercado de FIDC contempla um conjunto de fundos com características muito particulares e distintas do restante da indústria de fundos de investimento. Como exemplo dessa distinção, sempre vale lembrar da vasta gama de tipos de direitos creditórios passíveis de aquisição por parte dos FIDC. Segmentando esses ativos em categorias, observa-se que uma delas é muito emblemática: Recebíveis Comerciais.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Novo título de securitização deve entrar em vigor em outubro

Recentemente, a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) lançou edital de consulta pública a respeito de uma resolução que regulamentará as atividades dos resseguradores locais que atuem com propósito exclusivo (RPE). Essa nova modalidade de ressegurador se financiará através da emissão “títulos ligados a seguros”, tradução para o termo em inglês Insurance Linked Securies (ILS).

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings

Mais Recentes