FIDC compra agenda de shows do cantor Gusttavo Lima por R$ 100 milhões

O FIDC é um veículo que apresenta diversas peculiaridades e se diferencia bastante das outras modalidades de fundos de investimento disponíveis no mercado. Uma das principais particularidades da indústria de FIDCs é a ampla gama de tipos de direitos creditórios que podem ser adquiridos por estes fundos, indo de recebíveis comerciais, passando por precatórios e chegando até a shows sertanejos. Tanta diversidade é exemplificada pelo FIDC Four Even NP.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Arranjos de Pagamento – o que mudou?

Por pelo menos 10 anos, o Banco Central do Brasil (Bacen) tem promovido diversos aprimoramentos na indústria brasileira de meios de pagamento. Essas alterações buscam reforçar e assegurar a competitividade em um ambiente em constante evolução tecnológica.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cohab Minas promove roadshow a respeito do FIDC em estruturação

A Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab Minas) realizará, no próximo dia 14 de junho, um roadshow para apresentação da carteira de recebíveis da companhia que poderão compor o FIDC que atualmente está em estruturação.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Faz um PIX! Bom para quem paga, melhor para quem recebe e excelente para todo o ecossistema financeiro

O Pix é a nova sensação do mercado. O meio de pagamento mais rápido que existe foi liberado ao público pelo Banco Central em 2020 prometendo, além da velocidade de pagamento:

• melhorar a eficiência do mercado;

• alavancar a competitividade, baixar o custo das transações;

• aumentar a segurança;

• aprimorar a experiência dos clientes;

• incentivar a eletronização do mercado de pagamentos do varejo;

• promover inclusão financeira, e

• preencher uma série de lacunas existentes na cesta de instrumentos de pagamentos disponíveis.

Disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, inclusive feriados, o PIX foi criado para substituir diferentes meios de pagamento (TED, cheques, cartão, boleto, etc.) e pode ser feito pelo celular.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Nova regulamentação de recebíveis de cartões passa a valer hoje e MPMEs agradecem

Começa a valer hoje, dia 7 de junho, a nova regulamentação do Banco Central sobre as condições de registro e de negociação dos recebíveis originados em transações realizadas com a utilização de cartões como meio de pagamento. A norma, que originalmente estava prevista para entrar em vigor no primeiro trimestre do ano, traz algumas modernizações importantes.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Número de FIDCs registrados na CVM acelera em 2021

O mercado de FIDCs passa por um momento efervescente. Prova disso é o crescente número de FIDCs registrados para funcionamento na Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Entre janeiro e maio de 2021, 156 novos fundos foram registrados, superando a marca para o mesmo período de 2020.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Confira a lista dos 10 maiores FIDCs do mercado ao final de abril

Recentemente, a Uqbar trouxe ao leitor uma análise sobre o atual patamar dimensional da indústria de FIDCs, com dados de Patrimônio Líquido (PL) consolidado e número de fundos operacionais ao final de abril. Agora, é hora de falar dos dez fundos com o maior PL da indústria. Você sabe quais são?

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

PL do mercado de FIDCs segue crescendo e beira os R$ 190 bilhões

O mercado de FIDCs segue vivenciando um importante crescimento. É o que demonstram os dados de abril referentes ao patrimônio líquido (PL) consolidado e ao número de fundos operacionais na indústria. A persistência desse movimento positivo nos meses subsequentes do ano levaria o mercado para um patamar inédito ao fim do ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Securitização é a nova aposta da Warren

A Warren é uma corretora com pouco mais de quatro anos de existência. A startup começou como gestora, oferecendo uma plataforma de investimentos própria. Em pouco tempo, passou a atuar como corretora, distribuindo fundos de investimentos, renda fixa e outros produtos financeiros. Agora, a instituição financeira entrou de cabeça na administração de FIDCs.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Multinacional Rotam CropScience entra no mercado de FIDCs com captação de R$ 60 milhões

Um movimento tempestivo dos últimos anos no mercado de securitização brasileiro é, sem dúvidas, a presença de novas empresas, sejam elas nacionais ou estrangeiras, de diferentes portes. Uma dessas empresas é a Rotam, multinacional chinesa do agronegócio, que já realizou captações de recursos através do mercado de securitização brasileiro duas vezes nos últimos anos. Nas duas situações, explorou os CRAs como estratégia.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Rankings

Mais Recentes
fii