Cotas de FII se valorizam em média 13,5% em 2016

O mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociadas no âmbito da BM&FBOVESPA, encerrou dezembro de 2016 com variação média¹ positiva de preços de 13,5% no ano². O movimento positivo, de boa amplitude, se contrasta com a variação computada no ano de 2015, quando se registrou desvalorização média de preço das cotas de 4,4%. O próprio desempenho negativo em 2015 do mercado em geral, e de muitos fundos individuais, acarretou em uma probabilidade crescente de desempenho positivo em 2016. Trata-se da tendência de reversão à média de desempenho histórico. Além disto, o forte movimento de baixa da curva de juros no mercado brasileiro no último ano contribuiu, substancialmente, para a elevação dos preços das cotas dos FII.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais de 1,3 milhão de negócios em 2016 leva secundário de FII a novo patamar

Em 2016, pelo segundo ano seguido, o mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociado no âmbito da BM&FBOVESPA, superou a marca de 1,0 milhão de negócios anuais. A despeito de uma base comparativa de já 1.258.042 negócios em 2015, registrou-se novo crescimento em 2016, de 4,1%, elevando-se a marca para as 1.309.976 transações anuais, recorde histórico para este mercado. Já o montante negociado se aproximou dos R$ 6,00 bilhões movimentados no ano, tendo crescido 5,1% na comparação com a cifra de 2015.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Dois fundos administrados pelo CSHG trocam de gestor

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 26 e 31 de dezembro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Deságio no secundário de FII em novembro é o menor dos últimos três anos

Ao final de novembro de 2016 a capitalização de mercado (CM) consolidada dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) cujas cotas são negociadas no mercado secundário na BM&FBovespa atingiu o maior valor mensal para os últimos três anos, com ligeira contribuição do incremento do número de fundos no período. Em paralelo, no final do último mês o desconto médio entre o valor contábil e o valor de mercado consolidado dos fundos se reduziu para 8,0%, o menor patamar desde julho de 2013.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Montante emitido em cotas de FII cresce em 2016

Às vésperas da conclusão de 2016, o montante consolidado emitido em cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) no ano já atinge R$ 7,56 bilhões. A cifra abrange a indústria de FII como um todo, e, embora ainda se trate de um número parcial, já se coloca como o quarto maior valor anual contabilizado desde 2003. Para o conjunto de fundos com cotas listadas para negociação na BM&FBOVESPA a cifra se situa na marca de R$ 1,98 bilhão, tendo, inclusive, registrado crescimento positivo quando comparado a 2015, apesar do cenário desafiador.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

RB Capital Desenvolvimento Residencial II muda de administrador

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 19 e 23 de dezembro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotistas do FII Floripa Shopping autorizam busca por comprador para o imóvel do fundo

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre de 12 a 16 de dezembro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Liderados por fundos de shopping, FII acumulam rentabilidade de 26,3%

A menos de um mês para o encerramento de 2016, alguns Fundos de Investimento Imobiliário (FII) já se destacam pela significativa rentabilidade efetiva* acumulada auferida no ano. Em 2016 até novembro, há, inclusive, fundos cuja rentabilidade acumulada já supera os 50,0%. Dentre estes, o segmento de FII que investem em shopping centers é aquele que mais emplacou representantes. Assim, a rentabilidade efetiva média calculada para as cotas de 82 FII negociados em dezembro de 2015 e novembro de 2016 atingiu a marca de 26,3%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII Kinea Renda Imobiliária aprova demonstrações financeiras

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre de 5 a 9 de dezembro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII residencial registra a maior valorização em novembro

Entre outubro e novembro de 2016, o preço da cota do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) JHSF Rio Bravo Fazenda Boa Vista Capital Protegido (RBBV11) despontou como aquela de maior valorização dentre os fundos considerados: 11,2%. O fundo pertence ao restrito grupo de FII com prazo de duração determinado, até agosto de 2021. Além disso, a JHSF garante ao investidor, durante todo o prazo de duração do fundo, o pagamento mensal equivalente a IPCA acrescido de 1% ao ano. Embora a cota deste fundo tenha se destacado, a média do mercado aponta para a estagnação. A variação média do preço das 83 cotas negociadas no mercado secundário da BM&FBOVESPA que atenderam o critério de liquidez¹ foi positiva em apenas 0,7%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Páginas de Participantes

Mais Lidos