FII da Kinea é o maior da indústria em termos de valor de mercado

O ano de 2016 tem registrado movimentações nas primeiras posições entre os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) de maior Capitalização de Mercado¹ (CM). Depois de sua quinta emissão de cotas, encerrada em agosto, o FII Kinea Rendimentos Imobiliários (KNCR11) consolidou, em setembro de 2016, a posição de maior fundo em termos de valor de mercado. Ao mesmo tempo, o FII BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11), que outrora liderava a escala capitalização de mercado, encerrou setembro apenas na quarta colocação, logo atrás do BB Progressivo II (BBPO11) e do Kinea Renda Imobiliária (KNRI11).

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII PMV aprova emissão de R$ 185 milhões em cotas

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 17 e 21 de outubro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Chicotada da curva de juros embasa rentabilidade de 21% de FII

Em 2016, sob os efeitos de uma profunda alteração na curva de juros ao longo do ano, a rentabilidade efetiva¹ média entre os Fundos de Investimento Imobiliário (FII) no acumulado dos nove primeiros meses do ano atingiu 21,3%. Não obstante fatores restritivos relacionados à economia real do universo imobiliário, sejam eles o comportamento de preços de imóveis, valores de aluguel, vacância, inadimplência, a reavaliação patrimonial para baixo de imóveis em carteiras dos fundos e outros, que adquiriram um caráter secundário para efeito de rentabilidade destes fundos, acabou por prevalecer o efeito da correlação, que é bastante significativa, entre os preços das cotas de FII no mercado secundário e o nível de juros no setor intermediário da curva. O recuo substancial deste último ao longo do ano proporcionou o ajuste positivo no segmento de FII.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII seguem em processo de adaptação à ICVM 571

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 10 e 14 de outubro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Preço das cotas de FII permaneceu estável em setembro

O mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário negociadas na BM&FBOVESPA apresentou no mês de setembro de 2016 uma variação média positiva de 0,3% no preço das cotas em relação ao mês de agosto. Tal média foi alcançada através de uma análise de um total de 82 fundos. Desse total, 45 apresentaram variação positiva nos preços de suas cotas, enquanto que 37 acabaram por sofrer desvalorização de suas cotas. Separados pelo tipo de ativo investido, os fundos de Renda Fixa despontaram como aqueles de maior valorização de preço de cota: 2,0% no mês na média entre os fundos deste segmento. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Kinea Rendimentos Imobiliários se destaca em liquidez

Em setembro de 2016 o número de negociações envolvendo cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) na BM&FBovespa cresceu pelo terceiro mês consecutivo, registrando a segunda maior marca mensal no ano, de 132.336. O FII com o segundo maior número individual de negociações de cotas no mês foi o Kinea Rendimentos Imobiliários, com 11.815. Por outro lado, este fundo, que investe preponderantemente em títulos como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI), liderou a liquidez do mercado secundário de FII em setembro pelo critério de montante negociado em cotas, somando R$ 67,2 milhões.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais 15 FII realizam adaptação à ICVM 571

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 3 e 7 de outubro de 2016.

Vários FII realizam adaptação à ICVM 571

Veja abaixo o resumo das atas de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 26 e 30 de setembro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Finaxis assume administração de cinco FII

Veja abaixo o resumo desta e de outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas na CVM entre 19 e 23 de setembro de 2016.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Deságio no secundário de FII se reduz pelo sexto mês seguido

Ao final de agosto de 2016, o grupo de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) cujas cotas foram negociadas no mesmo mês no mercado secundário na BM&FBovespa¹ viu o valor de sua Capitalização de Mercado² (CM) consolidada se elevar pelo sexto mês consecutivo. Entre dezembro de 2015 e agosto de 2016 a CM destes FII negociados no último mês acumula alta de quase 20%. Concomitantemente, o deságio, diferença (negativa) entre o preço médio de negociação da cota e seu valor patrimonial, observado através da média deste indicador para este grupo de fundos, se reduziu substancialmente, atingindo a marca de 12,7% em agosto, seu menor nível no ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Páginas de Participantes

Mais Lidos