Jornal

Classificação - FIDC por Índices de Desempenho - Nov/2011

Retomando a série mensal que analisa o setor de Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), interrompida em setembro, a Uqbar publica a classificação dos FIDC de maior PDD Normalizado (PDDn) e de maior e menor Variação de PDD Normalizada (?PDDn) no mês de novembro de 2011.

O primeiro destes índices é a razão entre o valor das provisões para os devedores duvidosos (PDD) e o valor dos direitos creditórios (DC). É um índice de característica instantânea, como uma conta de balanço patrimonial, onde a função do denominador (DC) é a de normalizar o valor de PDD para tornar comparáveis os índices de diferentes fundos. Este índice será chamado de PDD Normalizado, ou PDDn.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Banco Santander recusa custódia de FIDC

No último dia 20 a BRL Trust DTVM, atuando como administradora do Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) Union National Financeiros e Mercantis, divulgou ao mercado, através de publicação de fato relevante que os cotistas do fundo, em assembleia realizada no dia anterior, decidiram pela rescisão do contrato de custódia firmado entre o fundo e o Banco Bradesco. A nota informa também a decisão dos cotistas pela contratação do Banco Santander como novo custodiante do fundo.

Contudo, dois dias após a publicação da primeira nota, a instituição administradora divulgou novo fato relevante informando que, após avaliação interna e em conforme com o previsto em proposta comercial, o prestador de serviços escolhido não assumirá os serviços de custódia do fundo. A nota não informa qual a situação atual da custódia dos ativos do fundo.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Capitalização de mercado de FII ultrapassa marca de R$ 11 bilhões em novembro

O valor consolidado de capitalização de mercado do conjunto de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) cujas cotas são negociáveis nos ambientes de bolsa e balcão organizado na BM&FBOVESPA (fundos listados) alcançou R$ 11,22 bilhões em novembro. O cálculo da capitalização de mercado considera todos os FII cujas cotas apresentaram pelo menos um (01) negócio nos últimos seis meses na BM&FBOVESPA.

O novo recorde representa um crescimento de 51,4% quando comparado ao valor de capitalização de dezembro de 2010 que foi de R$ 7,41 bilhões. Parte significativa deste crescimento é decorrente de emissões de cotas provenientes de fundos listados novos e existentes. Até novembro, esses fundos emitiram R$ 2,09 bilhões. No ano, quatorze fundos entraram em operação e passaram a ter suas cotas negociadas no mercado secundário, contabilizando assim 56 fundos listados na BM&FBOVESPA no final de novembro.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FII divulgadas entre 19/12/2011 e 23/12/2011

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FIIdivulgadas entre 19/12/2011 e 23/12/2011

AG de cotistas do FII TRX Realty Logística Renda I (CNPJ: 11.839.593/0001-09) realizada em 16/12/2011

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FIDC divulgadas entre 19/12/2011 e 23/12/2011

AG de cotistas do FIDC Oboé Multicred(CNPJ:09.374.172/0001-08) realizada em 17/11/2011

Ordem do dia - Deliberar sobre (i) a substituição da administradora, do gestor ou de ambos; (ii) reabertura ou manutenção do fechamento do fundo para resgates; (iii) possibilidade do pagamento de resgates em títulos e valores mobiliários; (iv) cisão do fundo; (v) liquidação do fundo; e (vi) consolidação do regulamento.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII BB Progressivo tem a maior rentabilidade efetiva do setor nos últimos 12 meses

Nos últimos doze meses a cota do Fundo de Investimento Imobiliário (FII) BB Progressivo (BBFI11B) apresentou rentabilidade efetiva de 67,6%, liderando o ranking de rentabilidade efetiva de cotas de FII no período. A rentabilidade efetiva é equivalente à Taxa Interna de Retorno (TIR) do fluxo de caixa que considera os rendimentos distribuídos pelos fundos durante os últimos 12 meses e os preços médios, ponderados por montante negociado, das negociações das cotas nos meses de novembro de 2010 e de novembro deste ano.

O BBFI11B, que já alcançava a liderança deste tipo de ranking no mês de outubro, obteve uma rentabilidade efetiva de sua cota em novembro últimode 3,1%. Isto se compara com uma rentabilidade efetiva média de todas as cotas de FII negociadas no mercado secundário na BM&FBOVESPA também em novembro de 0,6%. O valor da cota do fundo e do nível dos seus rendimentos subiram acentuadamente a partir de julho deste ano, como consequência do resultado de um longo processo de negociação do reajuste de aluguéis entre o administrador do fundo, a Caixa Econômica Federal, e o locatário, o Banco do Brasil.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Atrasos cedem, PDD avança e setor de FIDC expande no último mês

No mês de novembro o valor consolidado dos dois principais indicadores publicados relacionados ao desempenho dos Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC) se moveram em direções opostas. Enquanto o nível de Atrasos decresceu 5,7%, caindo de R$ 4,01 bilhões, no final de outubro, para R$ 3,79 bilhões, no final de novembro, o nível de Provisão para Devedores Duvidosos (PDD) cresceu 4,4%, subindo de R$ 2,98 bilhões para R$ 3,12 bilhões.

O valor agregado de Patrimônio Líquido (PL) do setor de FIDC, que estava em R$ 54,90 bilhões em outubro, encerrou o mês de novembro em R$ 58,57 bilhões, o que constitui um crescimento de 6,7%, sendo que estes recursos passaram a ser detidos por 337 fundos versus 336 em outubro. No final do mês de dezembro de 2010, o valor total do PL era de R$ 43,77 bilhões. Assim, nos onze meses de 2011 o PL consolidado do mercado de FIDC cresceu 33,8%, o que representaria por si só uma alta taxa de expansão anual para o setor.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Retorno estimado de rendimentos de FII tem leve alta em novembro

O retorno estimado médio linear dos rendimentos das cotas dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) (dividend yield de doze meses), cujas cotas são negociadas na BM&FBOVESPA, encerrou o mês de novembro um pouco acima do patamar registrado em outubro. Este indicador, que é calculado levando-se em conta as distribuições mensais nos últimos doze meses e o preço médio das cotas dos fundos no mês de novembro, fechou o último mês em 9,0%, levemente superior aos 8,9% referentes ao mês de outubro.

Dentre os 33 fundos cujas cotas foram negociadas no último mês e não sofreram amortizações no último ano, sete deles indicaram dividend yield de doze meses superiores a 10,0%, quatorze indicaram dividend yield de doze meses na faixa entre 10,0% e 8,0%, e para doze fundos este indicador ficou abaixo de 8,0%. O fundo que liderou o ranking por este tipo de critério foi o FII Excellence, seguido pelos FII Hospital Nossa Senhora de Lourdes e FII CSHG Recebíveis Imobiliários BC.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Nível de valorização anual de cotas de FII continua tendência de queda

A valorização média anual do preço das cotas dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) na BM&FBOVESPA, que vem caindo gradativamente desde o final de abril último, quando chegou a atingir 16,5%, sofreu nova queda quando computada até o mês de novembro de 2011. A rentabilidade média anual do conjunto de cotas de FII que são negociadas no mercado secundário, avaliada apenas pela valorização média do preço das cotas nos últimos doze meses, encerrou novembro em 6,1%, um patamar 2,8 pontos percentuais (pp) menor do que aquele registrado no final de setembro, que tinha sido de 8,9%.

A queda ao longo do ano do nível de valorização anual do preço das cotas de FII não implica necessariamente em queda do valor destas cotas. Uma valorização anual menor implica tão somente em um desempenho pior das cotas de FII nos meses a partir de abril de 2011 quando comparados aos mesmos meses do ano anterior. Para cada mês terminado desde abril de 2011, o período de doze meses sobre o qual a valorização passou a ser calculada se alterou, passando a incluir o mês terminado e excluir o mesmo mês no ano anterior.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FII divulgadas entre 12/12/2011 e 16/12/2011

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FIIdivulgadas entre 12/12/2011 e 16/12/2011

AG de cotistas do FII FP.F. Andrômeda(CNPJ:04.782.236/0001-88) realizada em 05/12/2011

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Recentes
fii
cri