CRA de R$ 600 Mi será emitido pela ISEC

Em breve, R$ 600,0 milhões serão incorporados ao total de emissões de CRA ocorridas neste ano de 2020. A emissão será estruturada de acordo com o modelo que preponderou nos últimos anos no mercado de CRA: debêntures emitidas por empresa consolidada no agronegócio.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

MST marcha para a Faria Lima

Em uma live realizada na última semana, foi anunciado um modelo de financiamento do pequeno agricultor através de ferramentas do mercado de capitais e com a participação do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). A transmissão contou com a participação de João Pedro Stédile, da direção nacional do MST, Salete Carollo, também do MST, Emerson Giacomelli, diretor da Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita (Coopan), localizada em assentamento no Rio Grande do Sul, e Eduardo Moreira, idealizador do Financiamento Popular (Finapop), uma instituição que atua em projetos sustentáveis. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mais um CRA rebaixado pela Fitch

O aumento do risco de crédito dos ativos do mercado de finanças estruturadas em decorrência dos efeitos da pandemia de COVID-19 continua a se intensificar, levando-se em consideração tanto cotas de fundos de investimento quanto títulos de crédito. É o que se pode inferir depois de mais um comunicado da Fitch informando sobre o rebaixamento das classificações de risco de CRA, tal como na semana passada.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Fitch rebaixa CRA com risco JSL

Nas últimas semanas, as agências de classificação de risco já haviam começado a explicitar movimentos iniciais de alteração de percepção de risco de crédito de diversos investimentos no mercado de capitais em decorrência da crise proporcionada pela disseminação de COVID-19. Foram vários os títulos de crédito e cotas de FIDC que foram colocados em observação negativa por esses agentes. Agora, a Fitch tomou a decisão de rebaixar classificações de risco por conta da pandemia.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

COVID-19 impõe consequências para classificação de risco de CRA

Como era de se esperar, cada vez mais é possível observar efeitos negativos da pandemia de COVID-19 no mercado de capitais. Há algumas semanas a Uqbar vem reportando desdobramentos deste cenário em diversos mercados do universo das finanças estruturadas, tendo sido trazidos acontecimentos nos mercados de FII, FIDC e CRI. Agora, chegou a vez do mercado de CRA.

Para continuar lendo, faça o seu login ou cadastre-se.

Uqbar promove webinar para discutir a relação do agronegócio com o mercado de capitais

Quando surgem debates sobre a economia brasileira, seja para avaliar o desempenho recente ou para traçar previsões de resultados futuros, um setor da cadeia de produção sempre acaba chamando bastante a atenção nas análises. Este setor é o agronegócio, que sempre correspondeu à parcela bastante significativa da economia brasileira. Naturalmente, devido sua importância para o país, tornam-se estratégicas também as cadeias de financiamento para o setor.

Empresa do setor de insumos conclui captação via CRA

Na última sexta-feira, 3 de abril, foi publicado o anúncio de encerramento de mais uma oferta de CRA realizada pela EcoSec. A operação em questão tem como lastro um CDCA emitido por uma empresa do Grupo Araunah, uma indústria da cadeia de insumos do agronegócio. A captação tem como objetivo financiar a comercialização de insumos junto a produtores rurais. De acordo com as informações disponíveis no site da CVM, trata-se da primeira captação deste tipo de título encerrada desde o início da crise causada pela pandemia de COVID-19.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Duas securitizadoras somam mais de 50% do montante de CRA emitido em 2019

Como já mencionado em outros artigos publicados no TLON, o último ano marcou a retomada do crescimento do montante e do número de operações emitidas de CRA. Entre as Securitizadoras do Agronegócio, destacaram-se, por mais um ano, a Vert e a EcoSec. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mercado de CRA já registra dez diferentes segmentos do agronegócio

O ano de 2019 marcou a inauguração de dois novos segmentos do agronegócio abrangidos pelo mercado de CRA: Tabaco e Serviços Técnicos. Embora exista até o momento apenas uma operação para cada um desses dois segmentos, essa expansão, a um só tempo, marca a progressiva consolidação do CRA como meio de financiamento de variados setores do agronegócio e sinaliza o potencial de crescimento futuro desse mercado. Contudo, dentre os segmentos do agronegócio aos quais os lastros dos CRA estão associados, Sucroenergético mantém seu destaque sob a ótica do montante emitido. 

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

2019 ainda teve menos de R$ 2 bi em CRA de lastro pulverizado

Por mais um ano, parcela importante dos R$ 12,31 bilhões emitidos em CRA em 2019 se concentrou nas operações de lastro corporativo. Isso se constata a partir da observação de três indicadores distintos: tipos de documentos que predominam como lastro dos títulos, risco de crédito das operações e o tipo de devedor do lastro dos CRA.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings

Mais Recentes