Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 8/Mai/15 - Rentabilidade

No pregão de 8 de maio 71 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA, das quais 33 apresentaram valorização de preço, 31 apresentaram desvalorização, 4 não tiveram alteração e 3 não haviam sido negociadas no pregão anterior. Segue as três melhores e as três piores variações de preço no dia, acompanhadas dos respectivos preços médios, volumes negociados e números de negócios.

Melhores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
Cenesp CNES11B 2,79 93,33 33.507 6
Edifício Ourinvest EDFO11B 2,68 200,23 4.405 2
Centro Têxtil Internacional CTXT11 2,19 3,27 98 2

Piores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
RB Capital Prime Realty I Sênior RBPR11 -3,29 5,59 7.936 2
BB Votorantim JHSF Cidade Jardim Continental Tower BBVJ11 -3,30 53,30 152.275 52
RB Capital Prime Realty II Sênior RBPD11 -10,71 3,75 36.852 49

Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 8/Mai/15 - Liquidez

No pregão de 8 de maio 71 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA. Foram 3.427 negócios que totalizaram R$ 24,2 milhões. A cota com maior montante negociado e maior número de negócios foi a do FII BB Progressivo II (BBPO11), com R$ 10,4 milhões em 447 negócios.

Preços de cotas do mercado de FII ensaiam recuperação em abril

O mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII), negociado na BM&FBOVESPA, encerrou abril em trajetória de pequena recuperação do preço médio de suas cotas. Desde a última semana de março as cotas vêm incrementando marginalmente o nível médio de seus preços. A alta se dá a despeito da curva de juros da economia denotar expectativa de elevação da taxa de curto prazo. Em contrapartida, o movimento de preço das cotas indica a expectativa de recuo da taxa de juros de curto prazo no médio prazo, consistente com a concavidade da própria curva de juros e com o conceito de investimento de médio prazo associado a uma cota de FII. Isto, apesar do contínuo aumento dos níveis de vacância e da perda de força dos preços no mercado imobiliário no país. Com efeito, o índice setorial, IFIX, que contabiliza de forma conjunta a rentabilidade oriunda na variação de preço das cotas e nos rendimentos distribuídos, galgou para os 1.397 pontos no último dia de abril – patamar não alcançado desde novembro de 2014 - após iniciar o mês na marca dos 1.354 pontos.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 7/Mai/15 - Rentabilidade

No pregão de 7 de maio 79 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA, das quais 32 apresentaram valorização de preço, 37 apresentaram desvalorização, 2 não tiveram alteração e 8 não haviam sido negociadas no pregão anterior. Segue as três melhores e as três piores variações de preço no dia, acompanhadas dos respectivos preços médios, volumes negociados e números de negócios.

Melhores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
RB Capital Desenvolvimento Residencial II RBDS11 4,53 900,00 19.800 1
GWI Condomínios Logísticos GWIC11 4,12 187,45 375 2
Mercantil do Brasil MBRF11 2,00 1.123,04 28.076 4

Piores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
Edifício Ourinvest EDFO11B -2,50 195,00 61.036 2
Industrial do Brasil FIIB11 -3,28 251,00 1.255 1
Torre Norte TRNT11B -3,46 176,18 6.871 8

Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 7/Mai/15 - Liquidez

No pregão de 7 de maio 79 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA. Foram 3.510 negócios que totalizaram R$ 34,6 milhões. A cota com maior montante negociado foi a do FII JS Real Estate Multigestão (JSRE11), com R$ 16,6 milhões. Já a cota com maior número de negócios foi a do FII BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11), com 796 negócios.

Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 5/Mai/15 - Rentabilidade

No pregão de 5 de maio 79 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA, das quais 39 apresentaram valorização de preço, 31 apresentaram desvalorização, 3 não tiveram alteração e 6 não haviam sido negociadas no pregão anterior. Segue as três melhores e as três piores variações de preço no dia, acompanhadas dos respectivos preços médios, volumes negociados e números de negócios.

Melhores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
RB Capital Prime Realty II Sênior RBPD11 6,83 3,44 7.898 10
Fator IFIX FIXX11 6,60 79,77 1.595 3
GWI Condomínios Logísticos GWIC11 4,88 183,99 30.910 5

Piores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
Banrisul Novas Fronteiras BNFS11 -4,20 84,50 5.831 1
Domo DOMC11 -4,76 600,00 12.000 3
RB Capital Prime Realty I Sênior RBPR11 -6,22 5,13 1.015 8

Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 5/Mai/15 - Liquidez

No pregão de 5 de maio 79 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA. Foram 2.393 negócios que totalizaram R$ 18,3 milhões. A cota com maior montante negociado e maior número de negócios foi a do FII BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11), com R$ 5,0 milhões em 390 negócios.

BB Progressivo II supera BC Fund em montante negociado em abril

A liquidez do mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociadas na BM&FBOVESPA mostrou alguma recuperação nos últimos dois meses. Após um mês de março de números consolidados bastante relevantes, quando se atingiu o mais alto nível de liquidez dos últimos doze meses, os números consolidados referentes ao mês de abril sofreram alguma redução, mas muito em função deste último mês ter contado com dois pregões a menos que o anterior. No quarto mês do ano, o montante negociado consolidado em cotas de FII somou R$ 411,3 milhões, referentes a 83.339 negócios. O FII BB Progressivo II (BBPO11) surpreendeu, ultrapassando o BTG Pactual Corporate Office Fund (BRCR11) e se posicionando como o fundo mais líquido pelo critério de montante negociado, atingindo a marca individual de R$ 116,1 milhões em transações com suas cotas. Houve, assim, crescimento de 99,1% frente ao montante negociado dos títulos deste fundo em março.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

FII Estrutura II realizará 2ª emissão de cotas

Veja abaixo esta e outras decisões tomadas no âmbito de assembleias de FII divulgadas entre 27 de abril e 01 de maio de 2015.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Pregão BM&FBOVESPA (FII) - 30/Abr/15 - Rentabilidade

No pregão de 30 de abril 78 diferentes cotas de Fundos de Investimento Imobiliário foram negociadas na BM&FBOVESPA, das quais 45 apresentaram valorização de preço, 15 apresentaram desvalorização, 8 não tiveram alteração e 10 não haviam sido negociadas no pregão anterior. Segue as três melhores e as três piores variações de preço no dia, acompanhadas dos respectivos preços médios, volumes negociados e números de negócios.

Melhores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
Renda de Escritórios RDES11 4,28 75,60 302 1
Torre Almirante ALMI11B 2,40 2.499,67 7.499 3
Presidente Vargas PRSV11 2,18 582,80 74.599 23

Piores Variações

FII Ticker Variação (%) Preço (R$) Montante (R$) Nº Negócios
Rio Bravo Crédito Imobiliário II RBVO11 -1,52 86,55 34.620 3
Vila Olímpia Corporate VLOL11 -2,97 59,15 206.444 97
Domo DOMC11 -7,40 590,00 5.900 2
Rankings
Mais Lidos