Jornal

Crescimento de liquidez do secundário de FII tem pausa nos últimos dois meses

Depois de um crescimento ininterrupto, desde o começo de 2011, que durou oito meses seguidos, a liquidez do mercado secundário de cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII) negociado na BM&FBOVESPA apresentou queda mensal nos últimos dois meses.

O montante consolidado negociado começou o ano registrando em janeiro um valor mensal de R$ 43,3 milhões e, ao final de oito meses de trajetória ascendente, alcançou a cifra de R$ 86,5 milhões em agosto último. Nos dois meses seguintes, setembro e outubro, o montante caiu para R$ 78,1 milhões e R$ 59,6 milhões. Já o número consolidado de negócios começou janeiro em 3.544, atingiu 8.422 em agosto, e caiu para 7.838 e 7.757 em setembro e outubro respectivamente.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cota de FII segue em queda devido a falta de consenso entre cotistas e locatário

Um fundo de investimento imobiliário (FII) que é proprietário de 100% do seu único empreendimento imobiliário segue em desacordo com o locatário do mesmo, o qual enviou uma nova solicitação de redução do valor mínimo de aluguel acordado no contrato de locação, fato este que nada contribuiu para interromper o movimento de queda no valor da cota do fundo no mercado secundário na BM&FBOVESPA.

As cotas do FII Hospital Nossa Senhora de Lourdes (NSLU11B) iniciaram o primeiro pregão de 2011 com preço médio de R$ 201,76 e atingiram seu maior preço médio no dia 07/10/2011, com valor de R$ 212,58. Contudo, neste mesmo dia ocorreu a primeira solicitação do locatário para redução do aluguel pago em aproximadamente 33,3% e, desde então, o preço tem sofrido quedas significativas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Cotas de FII voltam a apresentar queda em relação ao mês anterior

Depois de ter apresentado movimento de alta em setembro pela primeira vez em cinco meses, o valor médio linear das cotas de Fundo de Investimento Imobiliário (FII) no mercado secundário na BM&FBovespa voltou a cair em outubro.

A média linear de valorização de preço de cota no ano de 2011 até o final de outubro, calculada entre todas as cotas dos FII negociados, alcançou 1,8%. Isso representa uma queda geral dos preços no último mês uma vez que, até setembro, a valorização acumulada era de 2,6%. Porém, a valorização acumulada no ano até outubro ainda ficou acima dos níveis acumulados até agosto e julho, que foram de 1,6% e 1,7% respectivamente. Nos meses anteriores, de junho, maio e abril, a valorização acumulada tinha ficado em 3,0%, 3,1% e 4,5%, nesta devida ordem.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

R$ 2,02 bilhões é o novo recorde de emissão de uma operação de CRI

No último dia 20 de outubro foi depositada na CETIP a maior operação de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) da história. Com R$ 2,02 bilhões divididos em duas séries, sênior (R$ 1,86 bilhão) e subordinada (R$ 161,9 milhões), esta operação superou a 174ª série da Brazilan Securities, antiga recordista, que no ano passado havia captado R$ 1,2 bilhão, lastreada em contratos de locação para empresas do setor de telecomunicações.

A mega operação deste ano trata-se das séries 31 e 32 da 4ª emissão da Gaia Securitizadora a qual é lastreada por contratos de financiamento residenciais celebrados entre a Caixa Econômica Federal (cedente) e as pessoas físicas compradoras dos imóveis, totalizando R$ 2,02 bilhões. Todos os contratos foram originados com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) e contam com alienação fiduciária de imóvel como garantia. A carteira de créditos imobiliários cedidos à operação conta com as seguintes características: (i) Loan to value (LTV) individual menor que 90,0%; (ii) prazo máximo remanescente de 348 meses; (iii) atraso máximo de 30 dias; e (iv) concentração máxima de 0,009%.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Mesmo com falta de dados, indústria de FIDC registra aumento

De acordo com o Ofício-Circular/CVM/SIN/Nº 4/2011, os FIDC/FIDC-NP/FIDC-PIPS/FICFIDC, cujos exercícios sociais foram iniciados em ou após 1º de agosto de 2011, já estão obrigados a encaminhar suas informações mensais conforme o novo modelo, como disciplinado no Anexo A da Instrução CVM nº 489/11. Contudo, o acesso ao público às informações enviadas neste novo modelo ainda não foi disponibilizado. Devido à diminuição do fluxo de informações obtidas via Informe Mensal (CVM), após este artigo, a Uqbar descontinuará a série de artigos que contempla a indústria de FIDC até que o novo modelo seja passível da análise necessária para construção de artigos completos e fidedignos.

De acordo com os dados disponíveis até agora, o valor agregado de Patrimônio Líquido (PL) do setor de FIDC, que estava em R$50,60 bilhões em agosto, encerrou o mês de setembro com R$ 50,84 bilhões, o que constitui um crescimento de 0,5%, sendo estes recursos detidos por 297 fundos - em agosto, de acordo com as informações disponíveis então, o setor possuía 315 fundos. Assumindo que novos fundos não entraram em operação no mês de setembro e que nenhum fundo, dos que estavam em operação em agosto, foi encerrado, as informações abaixo correspondem, em termos de número de fundos, a 94,3% da indústria.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FII divulgadas entre 31/10/2011 e 04/11/2011

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FIIdivulgadas entre 31/10/2011 e 04/11/2011

AGE de cotistas do FIIExitus(CNPJ:12.358.507/0001-09) realizada em 24/10/2011

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FIDC divulgadas entre 31/10/2011 e 04/11/2011

AG de cotistas do FIDC GP Aetatis II Imobiliários(CNPJ:05.753.599/0001-58) realizada em 29/07/2011

Ordem do dia - Deliberar a situação dos ativos do Fundo de Compensação de Variações Salariais (FCVS) do fundo, incluindo datas previstas para novação dos créditos, a distribuição do caixa do fundo - considerando a disponibilidade de recursos referentes ao lote do agente financeiro BANEB - e a indicação de membros para integrar o Conselho Consultivo do fundo. Também deverão ser discutidas a contratação da Eloneth Habitação Ltda para realizar a custódia física dos contratos do fundo (oriundos do agente financeiro Urbis), e acompanhamento de todos os processos de habilitação, validação e novação de créditos junto ao FCVS, bem como as alterações de prestadores de serviços do fundo visando redução de custos, e do regulamento - de forma a alterar a taxa de administração caso certas matérias sejam aprovadas.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Uqbar comenta Audiência Pública SDM nº 12/2011

No último dia 4 se encerrou o prazo para recebimento de sugestões e comentários relativos à Audiência Pública SDM nº 12/2011 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que dispõe sobre a divulgação periódica de informações relativas a operações de securitização efetuadas por companhias securitizadoras. Como de praxe, a Uqbar participou da audiência. Abaixo reproduzimos na íntegra nossos comentários e sugestões sobre as propostas do edital.

Regime Informacional para Securitizadoras

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Emissões de CRI no terceiro trimestre foram menores que as do anterior

Com um montante emitido de R$ 1,58 bilhão, o terceiro trimestre de 2011 foi marcado por uma queda no nível de atividade no mercado de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) em relação ao trimestre anterior. Entre abril e junho de 2011 foram emitidos R$ 1,78 bilhão, portanto, na comparação trimestral houve uma queda de 11,4%.

Por outro lado, nos primeiros nove meses de 2011 os CRI alcançaram a marca de R$ 7,82 bilhões em montante emitido. Este valor representa um crescimento de 40,4% em relação ao mesmo período de 2010, ou 91,5% do total emitido naquele ano.

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FII divulgadas entre 24/10/2011 e 28/10/2011

Resumo das atas de assembleias de cotistas de FIIdivulgadas entre 24/10/2011 e 28/10/2011

AGE de cotistas do FII Via Parque Shopping (CNPJ: 00.332.226/0001-31) realizada em 02/09/2011

Para continuar lendo, faça o seu login ou assine TLON.

Rankings
fii
fidc
cri
cra
Mais Recentes
fii